domingo, 31 de março de 2013

Abacateiro - Arvores Frutiferas


Nosso Viveiro de Mudas Nativas e Frutíferas tem grande variedade de Arvores em Vasos para essas arvores , ou estudos das plantas ,são buscadas por material de qualidade , normalmente por pessoa doutoradas em botânicas , e o texto de origem consta no final do texto.
Sobre o abacateiro temos varias arvores a pronta entrega .


Abacate
(Persea americana)

Fruto do abacateiro, o abacate tem forma semelhante a da pêra, casca áspera de cor verde ou violeta, polpa macia comestível e caroço grande e liso, sendo mais um dos alimentos que a América Central ofereceu ao mundo. O abacateiro é uma árvore originária da Guatemala, Antilhas e México, o que pode ser notado no próprio nome da fruta, pois abacate vem da palavra asteca awakatl, nome da planta na língua natural dos mexicanos. Embora nativo da América Central, o abacateiro adequou-se muito bem ao Brasil, e cresce bem em todo o país, em especial na região Norte. É muito cultivada por toda parte, tanto pelo fruto saboroso, de grande valor nutritivo, quanto pelas folhas com propriedades diuréticas, além de conter 20 a 25% de óleo usado em perfumaria, tem diversas aplicações medicinais, além de usos culinários e cosméticos.
É um fruto bastante rico em substância gordurosa, encontrada na polpa - com alta taxa de gordura, sendo muito rico em calorias, o que torna contra-indicado para regimes de emagrecimento ou de manutenção de peso, é inimigo das dietas de emagrecimento.
No entanto, como sua gordura é fácil de assimilar pelo organismo, pode constar da dieta de quem tem problemas digestivos. Além disso, contém vitaminas A e do complexo B e alguns sais minerais como ferro, cálcio e fósforo.

Existem mais de quinhentas variedades de abacateiros, o que explica os muitos tipos de abacate, diferentes na forma, tamanho e cor. Entre os tipos mais conhecidos encontram-se o manteiga (em forma de pêra, com polpa macia e sem fibras), o guatemala (com forma de ovo e casca rugosa, maior que o manteiga) e o pescoço (parecido com o manteiga, mas um pouco mais alongado).

Os melhores abacates são os mais pesados e firmes, tem polpa macia e gordurosa, com sabor característico e delicado (antes de ficar maduro, ele tem polpa dura e esbranquiçada). Algumas vezes, tem manchas de cor marrom-clara na casca, mas esse é um defeito apenas superficial que não afeta a qualidade do fruto. Para saber se estão no ponto, é só fazer uma ligeira pressão com os dedos: os de casca fina cedem logo, os de casca mais grossa oferecem um pouco mais de resistência. Os abacates duros ou bem firmes, embora possam ter todas as características de boa qualidade, não estão prontos para o consumo imediato, devendo ser amadurecidos.
O abacate deve ser guardado em lugar fresco e arejado. Quando ainda verde, não convém colocá-lo na geladeira, pois o frio interrompe o processo de maturação. Depois de descascado, deve ser imediatamente consumido, porque, em contato com o ar, a polpa escurece. Para evitar o escurecimento imediato da polpa, passe um pouco de limão na superfície do fruto. Como o abacate maduro é muito sensível, amassando-se com muita facilidade, deve evitar-se que fiquem empilhados na fruteira ou no recipiente no qual são guardados.
Para cortar e limpar o abacate, lave-o bem sob água corrente e enxugue. Corte-o ao meio, no sentido do comprimento, torça delicadamente as duas metades para separá-los e, com a ponta de uma faca, retire o caroço. Dependendo do uso, corte-o em fatias e descasque.
No Brasil, o abacate é consumido ao natural com açúcar, como sobremesa. No entanto, em outros países é mais apreciado em saladas, bem temperado com vinagre, pimenta e maionese. Em pratos doces, o abacate combina muito bem com limão, leite, creme de leite e leite condensado, na preparação de sorvetes, cremes, mouses e bebidas. Em pratos salgados, vai bem com camarão e lagosta, em saladas ou acompanhando pratos fortes.
abacate__________________________________Créditos da foto: Cátia Simone


DICAS CULINÁRIAS:
- para saber quanto comprar, calcule que 3 abacates são suficientes para fazer um creme para 6 pessoas.
- se o abacate ainda estiver verde, deixe-o enterrado em farinha de trigo que logo ficará maduro.
- para que o creme de abacate não escureça, depois de pronto coloque-o num prato fundo e ponha o caroço da fruta, sem lavar, bem no meio do prato e guarde na geladeira até o momento de servir.
- para pratos salgados, só use abacates bem maduros. Caso contrário, ficarão muito amargos, dando sabor desagradável.
- para que o abacate cortado não escureça, passe uma camada fina de manteiga na parte cortada.
- quando for usar só uma metade do abacate, deixe a outra metade com o caroço. Isto evita que se deteriore com rapidez.
- para conservar abacate maduro, envolva-o com um pano úmido e coloque na geladeira. Quando o pano secar, volte a umedecer.
- o abacate é indispensável numa boa vitamina.
- quando for comprar prefira os abacates grandes, com caroço preso, casca verde-clara e sem manchas.
- o creme de abacate feito com açúcar e um pouco de leite, fica melhor quando misturado com pedacinhos de amendoim torrado, salgado e sem casca. Também fica ótimo com castanha de caju.

abacate__________________________________Créditos da foto: Cátia Simone


CURIOSIDADES:
- algumas tribos da Amazônia usam os brotos do abacateiro para combater doenças dos pulmões.
- nas Antilhas o abacate é considerado um afrodisíaco.
- o abacate era antigamente chamado de "pêra-de-advogado".
- o frio é um dos principais inimigos do abacateiro.

Partes utilizadas: Folhas, fruto e a semente.


Propriedades medicinais do abacate
O abacateiro é originário do México e aclimatado no Brasil. Pertence à família das Lauráceas, em que se incluem também a canela, o louro, o sassafrás etc.

Ajuda a tratar de: Contusões, dores de cabeça, dores reumáticas, diarréias, excesso de uréia,
insuficiência hepática, pele seca, ressecamento de cabelo
, retenção da secreção biliar, é diurético.

Utilidades Medicinais
Afta -Mastigar folhas tenras de abacateiro. Bem lavadas.
Amidalite - Gargarejo com o chá das folhas do abacateiro.Combinar com chá de tanchagem para maximizar o efeito.
Bronquite - Chá morno das folhas do abacateiro.O efeito é melhor quando se torna esse chá às colheradas misturado com própolis e chá de guaco.Duas a quatro xícaras por dia.
Cansaço - Afirma-se que a folha do abacateiro contém propriedades revitalizantes.Usar esporadicamente o chá juntamente com limão e mel.
Diarréia - Caroço tostado e moído bem fino. Dissolver duas colherinhas deste pó em uma xícara de água morna. O efeito é mais potente se, em lugar de água,for utilizado o decocto dos brotos da goiabeira.
Digestão,distúrbios da - Recomenda-se o chá das folhas do abacateiro para a dispepsia atônica.
Dor-de -cabeça - Compressas mornas com o chá das folhas à cabeça. Convém também tomar este chá.
Tosse - Chá das folhas do abacateiro, morno, com mel, tomado aos goles.
Verminoses - Lavar e moer bem a casca de abacate, e misturar em partes iguais com casca de limão ralado;acrescentar mel e tomar em jejum uma colher de sopa.

Como realizar o plantio do abacate:
Receitas com abacate

Fontes: http://www.geocities.com/atine50/frutas/frutas.htm, às 17:48h; em 27/01/2008.
Essencial - Um guia prático para cuidar da saúde, Editora Nova Cultural Ltda, São Paulo, 2001.

www.todafruta.com.br Data Edição: 07/07/04   
Curso Básico de Fruticultura - Engº. Agroº. Marco Moro - Escritório Regional da EMATER - Pelotas/RS -  2006.

Bibliografia:
As Frutas na Medicina Natural
Alfons Balbach
Daniel S. F. Boarim
Edição Vida Plena
(XX11) 464-3888 - Itaquaquecetuba - SP.

sábado, 30 de março de 2013

Arvores Frutiferas - Mudas de Mangueira


A manga  ou mangueira é das arvores frutíferas mais vendidas , alias quando a cliente esta montando uma chácara , a relação de mudas é muito parecida , pois temos  frutas que toda a população tem como o sonho de ter seu pé no fundo de casa.
Mas a arvore de mangueira tem a questão de variedades de espécies , que todos querem um pé de cada .
Mas a manga não esta somente na propriedade rural de lazer , ou na área urbana com um mangueira no vaso .
A produção de mangas é uma cultura rentável , e que traz renda para várias propriedades agrícolas.

Características da  Mangueira e da fruta manga.



A manga é o fruto da mangueira (Mangifera indica L.), árvore frutífera da família Anacardiaceae, nativa do sul e do sudeste asiáticos desde o leste da Índia até as Filipinas, e introduzida com sucesso no Brasil, em Angola, em Moçambique e em outros países tropicais. O nome da fruta vem da palavra malayalam manga e foi popularizada na Europa pelos portugueses, que conheceram a fruta em Kerala (que conseguiram pelas trocas de temperos).
A manga é a fruta nacional da India, Filipinas e Paquistão. São encontradas menções a ela em canções do século IV em poemas escritos em sânscrito, por poetas como Kalidasa. Se acredita ter sido provada por Alexandre, o Grande (século 3 aC) e o peregrino chinês Hieun Tsang (7 º século dC). Mais tarde, no século 16, o imperador mogol, Akbar plantou 100.000 árvores de manga em Darbhanga, Bihar em um lugar agora conhecido como Lakhi Bagh.


A manga é uma fruta do tipo drupa, de coloração variada: amarelo, laranja e vermelha, sendo mais roseada no lado que sofre insolação direta e mais amarelada ou esverdeada no lado que recebe insolação indireta. Normalmente, quando a fruta ainda não está madura, sua cor é verde, mas isso depende do cultivo. A polpa é suculenta e muito saborosa, em alguns casos fibrosa, doce, encerrando uma única semente grande no centro. As mangas são usadas na alimentação das mais variadas formas, mas é mais consumida ao natural.
Acredita-se que a manga é a fruta fresca mais consumida em todo o mundo. Foi introduzida na Califórnia (Santa Barbara) nos anos de 1880
Uma manga fresca contém cerca de 15% de açúcar, até 1% de proteína e quantidades significativas de vitaminas, minerais e antioxidantes, podendo conter vitamina A, B e C.
Graças à alta quantidade de ferro que contém, a manga é indicada para tratamentos de anemia e é benéfica para as mulheres grávidas e em períodos de menstruação. Pessoas que sofrem de cãimbras, stress e problemas cardíacos, podem se beneficiar das altas concentrações de potássio e magnésio existentes que também auxiliam àqueles que sofrem de acidose. Também há relatos de que as mangas suavizam os intestinos, tornando mais fácil a digestão. Na Índia, onde a manga é a fruta nacional, acredita-se que as mangas estancam hemorragias, fortalecem o coração e trazem benefícios ao cérebro. É também utilizada em afecções pulmonares (bronquite asmática, bronquite catarral e tosse), Gengivas inflamadas (gengivites, feridas na boca e no canto dos lábios). Úlceras de decúbito (escaras), úlceras varicosas.

Fonte:http://pt.wikipedia.org/wiki/Manga_%28fruta%29




quinta-feira, 28 de março de 2013

Arvores Frutiferas - Por que Plantar



As Arvores  Frutíferas além de harmonizarem o nosso ambiente também possuem a capacidade de liberar aquele aroma agradável que vem de seus frutos e até mesmo suas folhas tem este aroma mais um pouco mais concentrado, elas nos trazem lembranças da nossa infância quando ainda almejávamos subir em uma árvore frutífera para poder saborear a fruta ainda no pé.
Quando ainda tínhamos a privilégio de poder fazer o suco com aquele fruto que tirávamos dali do nosso quintal. Hoje é difícil entender como as pessoas abriram mão de costumes tão prazerosos.
As árvores frutíferas são uma fonte de renda e sustento para todos nós. Uma espécie frutíferas que devemos tomar nota seria a Goiabeira, pois nasce de sementes e cresce rápido.
O fruto é perfumoso e carnudo. Aparece em pastos, quintais, pomares seu tronco considerado retorcido e liso, é tentador subir e comer goiaba no pé. Planta generosa frutifica com tal abundancia que atraem também animais e passarinhos. Sendo rústica, resistente, dispensa cuidados. No Brasil cresce dos Pampas ao nordeste. As árvores frutíferas em geral são fontes de varias vitaminas necessárias para o nosso organismo a goiaba como exemplo citada logo acima tem proteínas, sais, açúcares, cálcio, ferro, potássio: vitamina A, boa para vista, pele, crescimento: B1e B2, para o sistema nervoso e aparelho digestivo. É eficaz nas diarréias- é uma fruta “magra” e que satisfaz e não engorda boa, portanto para quem faz dieta. As frutas nos proporcionam a oportunidade de fazer doces com seus frutos, sorvetes, compota, sucos, geléias e muitas outras utilidades.
Plantar árvores frutíferas é uma forma de usufruir do prazer de proporcionar uma vida saudável para o homem e seu habitat.


segunda-feira, 25 de março de 2013

Arvores Frutíferas - Gioabeira



Essa fruta tão conhecida por todos , também não falta na composição da relação de arvores frutíferas na chácara , e claro como cada vez mais as arvores frutíferas estão mais populares em vasos  , também estão nas varadas das residencias das áreas urbanas e também nos apartamentos e nas entradas das empresas.
Cada vez mais a natureza esta sendo necessária na vida do homem moderno , e nada como uma árvore frutífera .

ARVORES DE GOIABEIRA

Arvores Frutíferas de Goiaba

Mudas frutiferas de goiaba

Goiaba é o fruto da goiabeira, árvore da espécie Psidium guajava, da família Myrtaceae, originária da América tropical. Ocorre sobretudo no Brasil e nas Antilhas.
 O fruto é constituído de uma baga, carnoso, casca verde, amarelada ou roxa, com superfície irregular, cerca de 8 centímetros de diâmetro. Em seu interior há uma polpa rosada, branca ou dourada, contendo dezenas de pequenas sementes duras, mas que podem ser ingeridas sem problemas. Somente as variedades de polpas brancas e vermelhas são comercializadas. As 4 sépalas da flor estão normalmente presentes em uma das extremidades da goiaba. Existem duas variedades: a branca, de casca esverdeada e interior amarelo-esverdeado pálido e a vermelha, de casca amarelada e interior rosado.


domingo, 24 de março de 2013

Arvores Frutiferas - Lichia no Vaso


Entre as diversas especies de arvores frutíferas que temos em nosso viveiro , a lichia esta entre as mais procuradas .
Um fruta exóticas que a poucos anos era encontrada comercialmente no Brasil , hoje adaptada ao nosso solo , e devido as técnicas de enxertia , estamos cada vez a plantação dessa arvore frutífera com deliciosa e interessante fruta.

Hoje todo mundo quer ter em sua chácara ou residencia uma arvore de lichia , que se plantada na semente demoraria de 8 a 10 anos para produzir , mas as nossas arvores produzidas por enxertia que é um sistema de clonagem , você pode comprar dependendo da época do ano uma arvore de lichia no vazo , já produzindo.


MUDAS FRUTIFERAS:LICHIA
Litchi chinensis - Família Sapindaceae

Originária da China onde é considerada a fruta nacional, a lichieira e uma árvore subtropical com até 12 metros de altura e de grande longevidade. Em muitos países e considerada a rainha das frutas. Perfeitamente adaptada as condições de clima do Estado de São Paulo, as Culturas pioneiras estão produzindo excelentes safras, com resultados econômicos compensadores. A colheita ocorre de novembro e janeiro, atendendo o mercado na época das festas natalinas, quando a procura e o preço são maiores. O Brasil em futuro próximo poderá dominar o mercado mundial, porque a produção das outras regiões produtoras ocorre de maio a agosto. Assim, sem concorrência, o Brasil poderá abastecer o mercado mundial com lichias na época do natal.

Devido ao seu belo porte, atraente formato, folhas verde escuro e permanentes e principalmente devido a beleza da frutificação a lichieira é a árvore favorita para os jardins de residência no Hawaii, e em cidades da Califórnia como San Diego, San Francisco, Los Angeles, Monterey, Alhambra, etc.

Os frutos produzem em cachos, a casca é rugosa e de cor vermelha e fácil de ser destacada. A polpa é gelatinosa, translúcida sucosa e de excelente sabor, lembrando ao de uva itália e não é aderente ao caroço. Se presta para consumo ao natural, para a fabricação de sucos, compostas e ainda para a passa.


Clima

A lichia é uma planta de clima sub-tropical, entretanto, em nossas condições tem-se verificado que plantas novas não suportam geadas muito rigorosas. Por ser um planta de grande valor é viável a sua proteção com telhados ou de outro material, durante o inverno, evitando-se danos com frio. 

Espaçamento

É mais interessante uma planta isolada, recebendo a luz solar de todos os lados para a plenitude de sua produção, à duas a três árvores encostadas uma na outra. Árvores com livre crescimento, sem o emprego de podas, necessitam espaçamentos adensado de 7 metros entre plantas e linhas, utilizando-se podas constantes, visando o controle do tamanho das árvores. 

Colheita e Embalagem

Conforme a região a colheita ocorre de novembro a janeiro e são colhidos os cachos de frutos e a embalagem é feita em pequenas caixas de plásticos transparente. 

Mercados

O fruto de lichia ainda é desconhecida do consumidor brasileiro e o mercado potencial é enorme devido as qualidades de frutos e da época de comercialização no fim do ano. Entretanto, o fruto de lichia tem boa aceitação em todo o mundo e há interesses inclusive de países produtores, devido a oferta de frutos fora de época ou na entre safra. 

Lichieira

A planta é longeava e rústica, necessitando pouco ou nenhum tratamento fitassanitário. As doenças não são problemas e com relação as pragas, eventualmente pode ocorrer brocas de tronco, a mariposa oriental nos ponteiros, ácaros, abelha arapuá ou irapua nos frutos. Praticamente não é usado agrotóxico e os frutos são colhidos insetos de produtos químicos. 

Produção

A lichia inicia a produção comercial a partir do 5º ano após o plantio das mudas. Algumas plantas chegam a produzir de 150 a 200 Kg, sendo considerada uma produção boa a média anual de 40 a 50 Kg por planta. 

Preços

Os melhores preços ocorrem no inicio da safra de 15 a 31 de Dezembro devido as festa de fim de ano.

O mercado brasileiro ainda é inexplorado porque a lichia considerada a rainha das frutas, ainda é desconhecida do consumidor brasileiro. Atualmente o preço da fruta é muito alto e futuramente o ideal é o estabelecimento de um preço médio, de valor mais baixo, favorecendo a comercialização. O preço muito alto limita o número de consumidores.

Tratos Culturais

É bastante simples com a manutenção das plantas do limpo através de roçadas e herbicidas, de adubações e de irrigação que é fundamental, conforme a região